Compras

Top 7 produtos que mais vendem na internet6 minutos de leitura

Logo Agora Cupom

Trabalhar é bom, mas ser seu próprio chefe, é melhor! Mas depois que você resolveu empreender e ser seu próprio chefe, surgir um tanto de dúvidas?

Abrir uma loja virtual? Mas será que eu vou precisar de um espaço físico para fazer estoque, um escritório ou posso trabalhar de casa? Mas vender o quê? Confira no site do Nucleo Expert as melhores ideias para trabalhar em casa.

Hoje vamos dar ótimas ideias de produtos para vender na internet para quem tem estas dúvidas. Mas vale ressaltar, todo produto vendido na internet pode apresentar ótimos resultados dentro de uma estratégia de venda consolidada e um planejamento estratégico de divulgação bem definido.

Uma das regras básicas da internet é: qualquer coisa pode ser vendida, desde que você consiga identificar, engajar e apresentar bem o seu produto. E a depender do tipo de serviços e do seu portfólio, o pós-vendas precisa ser impecável.

Conheça os 7 produtos mais vendidos na internet

Produtos mais vendidos Internet

Produtos Personalizados

Canecas, cadernos, canetas, chinelos e diversos outros itens podem ser comercializados de forma personalizada de acordo com datas e eventos temáticos: casamento, dia dos pais, mães e o que mais a sua imaginação e a do cliente quiser.

Este tipo de serviço é uma ótima solução para o problema básico de qualquer empreendimento: estoque.

Como os produtos são genéricos e com poucas variações, todos vão receber a alteração que o cliente desejar e sairão para venda. As chances de determinado produto ficar no estoque diminuem muito.

Móveis e Eletrodomésticos

Quem nunca ficou com preguiça de ter que ir em lojas físicas ver o preço ou comprar eletrodomésticos? E ainda com aquela dúvida: mas e o frete?

Na internet é possível ter tudo isso resolvido de maneira ágil e fácil. Com uma busca rápida você pode encontrar a cama nova do seu filho, o guarda-roupas, o fogão, e diversos outros itens de forma rápida e com o problema do frete resolvido.

Para quem quer iniciar um negócio e tem dinheiro para investir, este pode ser um setor muito interessante e que tem crescido tanto por beneficiar pessoas que buscam móveis mais baratos, quanto quem busca móveis e objetos de decoração com maior requinte.

Apenas avalie o seu orçamento e qual o nicho você prefere.

Celulares

Quando o celular começa a ficar lento, descarregar muito rápido e dar sinais de que precisa ser trocado o primeiro lugar que as pessoas olham é na internet.

Para este negócio o investimento inicial pode ser um pouco alto, mas o retorno é proporcional, desde que um planejamento empresarial e de divulgação seja bem feito e executado.

Os celulares e em especial os Smartphones são uma febre entre os brasileiros e a ferramenta que a maior parte da população usa para se conectar. Portanto se tornaram uma necessidade do brasileiro que costuma trocá-los a cada um ou dois anos, em média.

Além dos celulares, também é possível vender acessórios e outros eletrônicos, para diversificar o negócios.

Jogos

O mercado de jogos de videogame e computador está em ascensão. As premiações milionárias que alguns jogadores estão ganhando em campeonatos oficiais dá o tom da importância e o tamanho deste mercado.

Para quem pretende investir na venda de jogos, é preciso saber que o preço médio é de 200 a 300 reais por jogo, e muitas pessoas estão dispostas a pagar esses valores e a depender, até um pouco mais caro que isso.

Sapatos e acessórios

Sapatos masculinos e femininos, casuais e esportivos. Tudo tem público farto na internet. E os acessórios não ficam atrás, carteiras, pulseiras e mesmo colares ganham consumidores.

Cada um destes itens pode ser vendido com uma estratégia distinta de acordo com o nicho.

Se a proposta é vender sapatos na internet, todo o glamour e a experiência do usuário nas redes e no site onde o cliente pode escolher os produtos e finalizar a compra precisa ser bem pensada.

Existem diversos gatilhos para aumentar as vendas de diversos tipos de produtos.

Promoções do tipo compre 5 pague 4, ou uma dobradinha com um ótimo desconto no segundo produto, ou mesmo cupons de desconto. Possibilidades e clientes não faltam para o setor.

Seja de sapatos esportivos, casuais ou de nichos ainda mais específicos. Tem clientes disposto a comprar sapatos e acessórios na internet.

Roupas

A quantidade de lojas de roupas que surgiram no primeiro momento da internet foi muito grande, e nada além das lojas convencionais. Mas agora, é notável que além das grandes concorrentes, existem diversas marcas menores, com estilos cada vez mais diversos procurando sub-nichos para vender.

E os preços podem variar de 20 reais à mais de 500 reais em uma camiseta. Tudo depende da marca, qualidade e do tipo de público definido.

Não podemos esquecer os brechós e lojas de roupas no instagram, apesar de não parecer eles são uma febre, diversas lojas de pequeno porte e mesmo lojas em shoppings centers apostam nesta estratégia para vender roupas e atrair clientes, porque existe um grande público interessado em comprar roupas nesta rede social.

Vale ressaltar que para quem resolver vender roupas, existem diversas possibilidades de produtos e sub-nichos: para bebês, recém nascidos, moda masculina, feminina, juvenil e etc.

Com uma boa estratégia de divulgação e vendas ainda é possível surfar neste mercado.

Cursos online ou infoprodutos

Esta é uma modalidade de produto que vem crescendo muito no Brasil.

Diversos especialistas estão criando cursos online no modelo EaD e comercializando para determinados grupos. Os temas são os mais diversos possíveis: como alavancar vendas na internet, como melhorar o design do seu site, aprender outros idiomas e as mais diversas coisas imagináveis.

A dinâmica deste tipo de produto é o conhecimento. Esse ativo é de grande valia na internet e podemos dizer que ele é o maior produto dela. Mas que começa a tomar um outro caminho que é o da comercialização.

E mais importante: muitas pessoas querem acessar o conhecimento qualificado que é vendido na internet.

Um dos principais pontos positivos deste tipo de produto é a escalabilidade, com apenas uma produção de um curso, é possível vendê-lo para o máximo possível de pessoas.

Conclusão

Para quem quer empreender, as possibilidade são inúmeras e tudo depende do seu conhecimento e orçamento para definir qual o melhor empreendimento para o seu perfil ou planejamento.

Mas independente do produto que você escolha comercializar na internet, existe um público específico. E a melhor forma de conseguir alcançar o sucesso comercializando qualquer produto, é encontrando o nicho que tem interesse naquele produto e estruturando tudo em um plano de negócios.

Desta forma o custo de divulgação diminui e a taxa de sucesso nas conversões e vendas aumenta.

E mais importante: se prepare, planeje, tenha foco e saiba quem é o seu público.

5/5 - (1 voto)

Um Comentário

  1. ANA PAULA

    Dicas super boas! Já dá para ter um norte com quais produtos trabalhar!

RESPONDER

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *