Sem categoria

Venda de comida por delivery | Como começar?4 minutos de leitura

Logo Agora Cupom

Em meio a essa pandemia provocada pelo coronavírus Covid-19, milhares de pequenos negócios em todo o mundo tiveram que fechar suas portas e os restaurantes precisam se adaptar, urgente, para os modelos de venda de comida por delivery, já que esta modalidade aumentou bem a demanda.

Brasileiros de norte a sul mudaram suas rotinas, muitos trabalhando em modelo home office, e passaram a pedir comida em restaurantes delivery, alguns usam até cupons de desconto para economizar nas despesas.

Pizza Delivery

Como o seu restaurante pode aproveitar este momento para manter as atividades? Simples, se adaptando rápido a este novo cenário e tomando os cuidados necessários para preservar a saúde de funcionários e clientes.

Cuidados necessários para vender comida por delivery

É importante destacar que existem alguns tipos de comida que são facilmente adaptados ao modelo de entregas. Dentre eles, temos os hambúrguer, pizzas, açaí, bebidas. Outros alimentos exigem cuidados com a embalagem e o manuseio, são os casos das feijoadas, por exemplo.

Restaurante Delivery

Se você nunca atuou com delivery de comida, avalie algumas situações e possíveis adaptações para aproveitar a demanda e continuar com o seu restaurante funcionando:

Tenha um sistema de entrega – Esse assunto pode ser facilmente suprido por meio de diversas empresas que atendem por meio de aplicativo. Você pode ainda oferecer o serviço de entrega de comida com motoboys e ciclistas contratados para tal função.

Ofereça pagamento online – Já foi noticiado que o vírus da Covid-19 permanece vivo por até três dias em superfície plástica ou de ferro. Sabendo disso, o uso de cartões de débito e crédito e a maquininha podem elevar os riscos de contaminação. Para proteger entregadores e clientes, ofereça uma solução para que o valor seja pago direto no aplicativo ou por meios eletrônicos.

Adapte o cardápio – Dependendo do tipo de atuação, seu restaurante precisa passar por algumas mudanças no cardápio para vender comida por delivery. Crie kits, adicione bebidas e sobremesas para ter um ticket médio mais interessante. Evite pratos com menos saídas e aposte nos campeões de audiência.

Tenha um atendimento online – Além de usar os aplicativos de venda de comida por delivery, explore também os grupos de WhatsApp e de Facebook. Deixe claro os horários de pedidos e prazo de entrega para não frustrar o consumidor. Se possível, tenha uma comunicação menos formal e mais amiga do seu cliente. Isso pode fazer toda a diferença!

Proteja funcionários e clientes – Vivemos um período único na história recente. Isso obriga empresas e consumidores a adaptar suas rotinas e a venda de comida por delivery é uma dessas novidades que pegou muitos ambientes despreparados. Além disso, as formas de contágio exigem medidas mais delicadas para proteção.

Além da recomendação sobre o uso de pagamentos online, como destacado acima, o restaurante ou lanchonete que pretende entrar neste tipo de entrega deve também tomar algumas medidas, tais como:

  • oferecer luvas, toucas e máscaras aos funcionários;
  • oferecer álcool em gel aos entregadores;
  • embalar cada entrega com uma proteção específica;
  • oferecer a entrega sem contato.

Estas ações reduzem o contato humano e, consequentemente, a possibilidade de circulação do vírus mortal que provocou esta pandemia.

Fidelize e venda mais

Em todo negócio, é importante pensar em estratégias para fidelizar consumidores, gerar mais pedidos e aumentar o valor da compra. Quem é novo no universo de venda de comida por delivery pode fazer algumas ações que levam o consumidor a pedir novamente e sempre.

Primeiro, atenda com eficiência aquilo que foi pedido e cumpra o prazo estabelecido. Um dos maiores motivos de reclamação é o atraso na entrega. Seja honesto e atenda todas as promessas feitas ao consumidor.

Segundo, ofereça alguma modalidade de bonificação por fidelidade. Por exemplo, a cada nove pedidos, entregue o décimo sem nenhum custo ao consumidor.

Terceiro, dê frete grátis para pedidos acima de um valor que seja interessante para o seu negócio. Isso elevará a sua geração de receita e beneficia diretamente o consumidor.

Em quarto lugar, faça uma pesquisa de satisfação e adapte o seu cardápio, sempre que possível, para atender pedidos maiores de consumidores que estejam com a família toda confinada. Ao colocar todas estas medidas em prática, dentro das limitações que a sua região exige, e mesmo após essa pandemia, você terá a possibilidade de explorar os serviços de venda de comida por delivery e ter sucesso nesta empreitada.

RESPONDER

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *