Sem categoria

Dicas de marketing de conteúdo para seu negócio8 minutos de leitura

Logo Agora Cupom

O marketing de conteúdo é, nos dias de hoje, um investimento vital para toda e qualquer empresa que deseja se posicionar dentro da internet. Isso porque, para uma companhia se mostrar relevante e importante para os consumidores, é necessário que ela tenha uma boa visibilidade online.

Portanto, diante de um mercado altamente competitivo e mutável, cada vez mais as empresas estão precisando conquistar a atenção do público dentro de tanta concorrência.

Nesse sentido, para solucionar essa questão, muitas organizações vêm apostando no marketing de conteúdo como uma maneira de ampliar a visibilidade de uma marca, afinal, quem não aparece, não vende.

O texto a seguir irá abordar o conceito de marketing de conteúdo, procurando demonstrar as principais dicas que podem ser aplicadas pelas empresas para garantir o sucesso através dessa estratégia.

O que é o marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo consiste na ação de uma empresa desenvolver e compartilhar em vários canais digitais, conteúdos considerados pelos usuários como relevantes e valiosos. O objetivo desse tipo de ação é engajar os atuais consumidores de uma marca e aumentar as chances de se conquistar novos clientes ou leads (potenciais consumidores).

Com isso, é possível atrair, envolver e gerar valor ao redor de uma marca, criando uma visão positiva dela diante das pessoas e gerando mais chances de negócios ocorrerem.

E como o marketing de conteúdo funciona?

Apesar do conceito demonstrado acima parecer simples, o marketing de conteúdo é um pouco mais complexo do que parece. A intenção dessa estratégia de marketing digital não é simplesmente fazer as pessoas repararem na existência de uma marca, mas sim convertê-las em potenciais consumidores.

Dicas de Marketing de Conteúdo

É válido ter em mente que as empresas não devem forçar os usuários a conhecerem o seu conteúdo, mas sim atraí-los aos poucos, permitindo a construção de um relacionamento mais saudável entre marca e consumidor.

Tudo isso será explicado melhor através das dicas que serão fornecidas a seguir:

1) Gere conteúdo para cada tipo de visitante

A importância dessa primeira e valiosa dica é evidenciar um dos propósitos do marketing de conteúdo: fazer o visitante de um site sobre aluguel de betoneira, por exemplo, percorrer o funil de vendas, partindo desde o momento em que essa pessoa é apenas um mero visitante até a hora em que ela se torna um comprador deste serviço.

Contudo, para que isso aconteça, o marketing de conteúdo deve buscar gerar conteúdo de acordo com o estágio do funil de vendas em que cada visitante está. Assim, o site citado pode pensar em utilizar conteúdos básicos explicando no que consiste a importância de alugar betoneiras para chamar a atenção de usuários que estão vagando pela internet.

Porém, para leads que já estão prestes a se tornarem clientes de fato, deve-se pensar em conteúdos mais específicos, demonstrando o motivo pelo qual uma determinada empresa é melhor do que as outras disponíveis no mercado.

2) Utilize vários canais de comunicação

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o marketing de conteúdo não é restrito apenas a postagens em blogs. Diversos são os canais de comunicação por onde é possível que uma empresa fique em evidência, tais como:

  • Redes sociais;
  • E-mail;
  • Blogs;
  • Jornais;
  • Entre outros.

A importância desse tipo de ação deve-se por conta de que, quantos mais canais uma marca estiver presente, maiores são as chances do seu público consumidor a encontrar.

Isso quer dizer que uma fabricante de esquadrias de alumínio sob medida, por exemplo, consegue converter usuários da internet seja por um perfil oficial no Facebook, seja pelo envio de uma promoção de esquadrias para o e-mail de leads do seu site.

3) Mantenha uma regularidade de postagens

Mesmo se um determinado conteúdo publicado pelo site de uma empresa for bastante qualitativo e relevante, de nada adianta caso este site não mantiver as suas postagens dentro de um ritmo constante. Isso porque a internet, em geral, costuma dar mais visibilidade para páginas e perfis de redes sociais que estão contribuindo ativamente com a aquisição de informações por parte dos usuários.

Essa estratégia é importante para que as pessoas criem uma confiança por uma marca, já que esta se mostra capaz de sanar todas as necessidades dos consumidores, aumentando as taxas de conversão. Outro detalhe é que dificilmente um visitante é convertido em cliente com uma única postagem. Portanto, é necessário que ele esteja sendo constantemente engajado através de vários conteúdos igualmente bons.

Para isso, uma loja que vende chapa para churrasco, por exemplo, pode desenvolver um calendário de postagens, onde é possível ter um controle de quais conteúdos serão compartilhados dentro de uma certa quantidade de tempo.

4) Acompanhe métricas de conversão

Uma empresa só irá saber se o seu investimento em marketing de conteúdo foi realmente eficaz caso possua métricas que permitem a avaliação das ações empreendidas.

A métrica é o nome dado às estatísticas que medem o grau de desempenho de uma determinada ação de marketing.

Por essa razão, uma empresa que presta o serviço de aluguel de gerador, por exemplo, é capaz analisar os benefícios de tudo que se foi conquistado. Assim, pode-se medir qual foi a taxa de crescimento na contratação de serviços após o início de uma série de postagens sobre os benefícios de se alugar geradores.

5) Aprimore as estratégias de SEO

SEO é o nome dado para o que se conhece como Search Engine Optimization, ou, em português, “otimização para motores de busca”. As técnicas e estratégias de SEO têm o intuito de melhorar a forma como um site aparece na página de resultados de ferramentas de busca no momento em que alguém faz uma pesquisa. Ou seja, caso alguém procure por “por que utilizar cobertura em estrutura metálica?”, por exemplo, um site que investe nas estratégias de SEO ficará situado entre os primeiros resultados que aparecerão, facilitando que os usuários encontrem uma determinada empresa.

Com isso, uma marca consegue fazer com que os seus conteúdos sejam facilmente encontrados e, consequentemente, mais acessados, gerando lucros.

Existem inúmeros fatores que favorecem o posicionamento e o ranqueamento de um site quando alguém pesquisa através de um buscador, tais como:

  • Se o site pode ser aberto em qualquer dispositivo;
  • Se o conteúdo utiliza palavras-chave bem direcionadas;
  • Se uma página possui descrição do seu conteúdo;
  • Se títulos adequados são usados;
  • Se o layout do site favorece a leitura.

6) Sane as principais dúvidas dos clientes

Como dito anteriormente, o intuito do marketing de conteúdo é fazer um site sanar todas as necessidades que usuários da internet podem vir a ter a respeito de um assunto. Fazendo isso, uma empresa é capaz de conquistar ainda mais a confiança do seu público-alvo.

Por essa razão, recomenda-se que as companhias saibam identificar quais são as maiores dúvidas que são enviadas a respeito dos produtos ou dos serviços oferecidos. Isso significa que uma empresa de polimento de porcelanato, por exemplo, não precisa escrever um texto inteiro explicando como é feito o polimento e com quais produtos.

Pode ser mais interessante publicar conteúdos que mostram como o serviço de polimento é capaz de aumentar a vida útil de um piso, uma grande necessidade para quem possui porcelanato em casa.

7) Crie e-books

Como foi dito anteriormente, o site de uma empresa deve publicar um tipo de conteúdo de acordo com o estágio em que um usuário se encontra dentro do funil de vendas. Assim, leads que estão próximos a serem convertidos podem ser estimulados através de e-books, um apunhado de outros conteúdos já publicados dentro do site, contando com um maior aprofundamento.

Dessa maneira, uma firma que presta serviços de manutenção de portas de aço, por exemplo, é capaz de oferecer informações de altíssima qualidade para clientes selecionados, aumentando as chances deles efetivarem a aquisição desse serviço.

A última dica que resta a ser dada é: faça tudo que for necessário para suprir tanto as necessidades dos consumidores quanto da empresa.Obviamente, nem sempre é possível colocar em prática todas as estratégias relativas ao marketing de conteúdo. O mais importante de tudo é que, de alguma maneira, uma empresa seja capaz de atender ao máximo às necessidades do seu público de acordo com o comportamento das pessoas que o compõem. Assim, por exemplo, uma fabricante de churrasqueira pré-moldada de cimento pode perceber que os seus consumidores geralmente chegam até a empresa através de ferramentas de busca tais como o Google. Com isso em mente, esta firma pode passar a direcionar as suas ações para as técnicas de SEO, poupando esforços para outras áreas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

5 Comentários

  1. Janaina Braga

    Oi, Tudo bem?!
    Adorei o seu site!!! Esse artigo, é muito útil e está muito bem feito!!! Vou compartilhar em um grupo de empreendedoras… Cheio de dicas valiosas.

  2. Vinicius

    Marketing de conteudo faz muita diferença. muito obrigado.

  3. Gustavo

    Excelente artigo. Bem didático, completo e prático. Obrigado.

  4. Gustavo Druzian

    Estou me aprofundando mais neste assunto. Este artigo me ajudou bastante!

  5. Jose Cabral

    Aos poucos estou colocando mais conteúdos no meu site e percebi uma boa alavancagem junto ao google com os artigos.

RESPONDER

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *